Policial, esposa e amante são suspeitos de fazer orgias com crianças no interior da BA

pp

Uma professora foi presa acusada de fazer orgias com o marido, que é policial militar, a amante e os filhos desta, cinco crianças com idades de 5 a 13 anos. Maria de Jesus Borges está detida no Complexo Policial de Barreiras, no oeste baiano, desde a terça-feira (11). O soldado Joilson Lacerda Santana e Carla de Jesus dos Santos, apontada como sua amante também são suspeitos de pedofilia e fugiram. Segundo a denúncia, os três adultos faziam orgias com as crianças na casa onde moravam, em Riachão das Neves. Além da prisão da professora, a polícia apreendeu em uma fazenda do soldado, perto do distrito de Caripapé, computadores, CDs, DVDs e pendrives, que passarão por perícia. A polícia começou a investigar o caso depois que uma das crianças contou a familiares os abusos que vivia – os crimes aconteciam há cerca de 5 anos, estimam – e estes denunciaram a situação.

Material apreendido na casa e fazenda de PM (Foto: Alô Alô Salomão)

As crianças eram obrigadas a fazer sexo com o trio e, além disso, também presenciavam cenas de sexo entre os pais, a amante e às vezes outros homens e mulheres. As crianças já foram ouvidas e a mais velha, de 13 anos, disse que sofre abusos desde que tinha 10. Além da casa da família e da fazenda, as orgias aconteciam também na casa da amante. Tudo era gravado e os pais obrigavam os filhos a assistirem aos vídeos pornográficos. A mãe das crianças soube da apreensão do material na casa do PM e fugiu. O soldado também fugiu – ele deve ser conduzido ao 10º Batalhão da PM quando for detido. De acordo com a 11ª Coordenadoria de Polícia do Interior, que cuidou da investigação, o soldado era conhecido na cidade como uma pessoa tranquila, que não levantava suspeitas.

 

 

Fonte: Correio da Bahia

Compartilhe

PinIt