Bradesco pode fechar agências nos próximos meses

bradesco

Na semana em que o Banco do Brasil anunciou fechamento de agência no país e plano de aposentadoria para 18 mil funcionários, o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, em reunião com investidores, em São Paulo, afirma que o banco também poderá fechar agências e transferi-las para postos de atendimento menores ao longo dos próximos meses.

Até então, a instituição financeira havia descartado a possibilidade de fechar agências após a sobreposição de unidades do HSBC. O Bradesco acertou a compra do braço brasileiro do banco inglês em agosto do ano passado, mas obteve a autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para efetivar a aquisição e começar a fusão apenas em julho deste ano. “Existe uma certa sobreposição [de agências], mas o que vai decidir [o que será feito com as agências] serão os balancetes”, disse Trabuco.

O Bradesco tem hoje 5.242 agências, com a rede do HSBC. O número é maior que o de seus pares privados Itaú e Santander. Ao indicar que também estuda o que fazer com agências em um período em que clientes usam celular e internet para serviços bancários, o Bradesco se alinha a seus concorrentes.

No início desta semana, o Banco do Brasil (BB) anunciou que 402 agências serão fechadas, 379 serão transformadas em postos de atendimento e 31 superintendências em diversos municípios serão encerradas. Na Bahia, diversas agências do interior vão sofrer a redução planejada pelo banco.

Compartilhe

PinIt
snowflake snowflake snowflake snowflake snowflake snowflake snowflake snowflake snowflake snowflakeWordpress snowstorm powered by nksnow